Artigos

Os Animais!

Os animais estão munidos de todos sentimentos: dor, tristeza, carinho e amor, sendo assim devem ser respeitados e protegidos de todas as agressões e abusos.

Não compre para dar no lugar de brinquedo, ele depende do ser humano para sobreviver. Ter um animal de estimação, ou conviver com animais de estimação é no mínimo gratificante, pois só o fato da observação do comportamento, o ato de acariciar um cão ou gato já trazem experiências mágicas para as crianças pois estimulam o tato, a visão e principalmente a atenção. A criança se interessa pelas necessidades dos animais como alimentação, hábitos de asseio, a atividade lúdica e principalmente o amor incondicional.         

O amor incondicional é algo que só os animais proporcionam tanto para crianças como para adultos e idosos. Não importa se você é gordo ou magro, bonito ou feio, alegre ou triste, alto ou baixo, portador de alguma deficiência física: Seu cão ou gato estará sempre a seu lado, fazendo festa, te agradando, trazendo felicidade e alegria ao seu dia estressante de trabalho.  

Para o seu filho então os benefícios são ainda maiores como a aceitação da criança como ela é, a melhora na capacidade de concentração, o desenvolvimento do tato e a melhora na coordenação motora, o senso de responsabilidade que podemos trabalhar orientando a criança com relação à alimentação (horário e fornecimento), cuidados com higiene, e o maior benefício que é a brincadeira ou seja a atividade lúdica.

Brincar com um cão companheiro provoca gargalhadas que nunca esquecemos na vida. O abano de cauda, as lambidas e a gratidão de um cão são valores que devem se passados para nossos filhos.
Os riscos de ter um animal de estimação?? Não há risco nenhum em ter um animal de estimação. Com o avanço da medicina veterinária o risco de doenças transmitidas por animais é muito pequeno. Em um cão com acompanhamento veterinário regular através de vacinação e vermifugação adequada, dificilmente é alvo de doenças infecto-contagiosas para crianças. Para isso é necessária a supervisão periódica de um médico veterinário.

Quanto às alergias respiratórias a opinião da medicina diverge. Alguns médicos acreditam que os cães são potenciais causadores de alergia e portanto não devem conviver com crianças. Outros acreditam que a convivência com um cão além de permitir a sensibilização gradual do sistema imunológico, traz benefícios comportamentais que valem a pena mantê-los.

Portanto na dúvida, procure sempre o médico veterinário para melhor orientação 

Cuidado com cães idosos

A medicina veterinária vem se desenvolvendo muito nos últimos anos, tanto na prevenção quanto na cura de doenças dos animais de companhia. Os animais estão vivendo mais e melhor, criando um novo aspecto do bem-estar animal, o cuidado com os cães idosos.
Leia mais...

Posse responsável

Possuir um cão requer a prática de posse responsável o que significa várias coisas ao mesmo tempo, como, comida de qualidade, cuidados veterinários, educação, amor, exercício adequado, brinquedos adequados (nem todos que estão a venda são adequados), equilíbrio na relação etc., mas também significa respeitar o ser humano, e o meio ambiente em que vivemos.
 
Leia mais...

Mais Artigos...